COACHING EMPRESARIAL

Quero conversar sobre problemas que muitas vezes são negligenciados, mas que acaba postergando ou mesmo dificultando o atendimento das demandas organizacionais. Estes problemas que aqui menciono refere-se a dificuldade de algumas pessoas em separar contexto pessoal do contexto organizacional. Isso não significa necessariamente trazer problemas de casa para o trabalho, mas vivenciar relações turbulentas com chefe e colegas de trabalho, dificuldade em delegar funções, dificuldade para colocar limites, dificuldade em auto-regular suas emoções (raiva, insegurança…), projeção no contexto organizacional de cenários pessoais mal sucedidos (ainda que de maneira inconsciente) ou mesmo busca no contexto organizacional da satisfação de necessidades pessoais.  Isto tudo só acontece porque a organização se desenvolve por meio de seres humanos que  funcionam a partir da sua humanidade e assim sendo necessitam administrar os dois contextos simultaneamente para serem bem sucedidos no ambiente organizacional. Esta semana atendi uma pessoa que estava questionando a sua condição profissional, pois sempre liderou bem sua equipe e nesta empresa que estava trabalhando na atualidade notou que seus colegas de trabalho não a tratavam com a mesma seriedade da empresa anterior e desta forma não correspondiam as suas demandas da maneira que necessitava. Trabalhando com o seu emocional foi possível observar o quanto ela estava buscando um reconhecimento de sua liderança, a ponto de sentir dificuldade para colocar limites em sua equipe.  Foi necessário trabalhar a necessidade de separar contexto pessoal e profissional, de modo a perceber suas necessidades pessoais, poder desfrutar de um contexto pessoal com seus colegas, ao mesmo tempo em precisaria deixar clara a existência destes dois contextos para as pessoas com que se relacionava, verbalizando a respeito do contexto pessoal de amizade como algo separado da sua função organizacional, das ordens e demandas advindas deste papel. A partir disso, percebemos que a clareza de ambos os contextos “emocional e organizacional” e a administração saudável deles não é algo fácil nem simples de ser executada, pense nisso!!

Fechar Menu